Total de visualizações de página

segunda-feira, setembro 03, 2012

Rádio Cultura recebe acervo de Marcos Sacchi


A Cultura Rede de Comunicação acaba de receber da família do jornalista e pesquisador musical Marcos Sacchi, um rico acervo formado por cerca de seis mil discos, entre CDs e vinis. Sacchi foi produtor e apresentador do programa Mundiando, veiculado pela Rádio Cultura FM em meados dos anos 2000, especializado em world music. O acervo irá compor a discoteca da emissora, que possui hoje mais de sete mil CDs e 9,6 mil vinis. 
Natural de Jundiaí, interior de São Paulo, Marcos Sacchi sempre foi apaixonado por música. Foi fotógrafo da revista Pop, principal publicação musical dos anos 1970 no Brasil. Antes disso, no final dos anos 1960, já atuava como DJ e registrava shows por conta própria. “Ele tinha conhecimento e material de sobra. Mas, principalmente, tinha uma visão à frente de seu tempo”, conta Tina Mesquita, ex-esposa de Sacchi, responsável pela doação do acervo à Cultura.
Em 1977, Sacchi juntou os amigos e fez uma viagem de carro, do interior de São Paulo até os Estados Unidos, onde fotografou shows de grandes bandas, como Pink Floyd e Rolling Stones. De volta ao Brasil, trabalhou como produtor musical na Gravadora Phonogram, mas depois mudou-se definitivamente para os Estados Unidos, onde morou por quase 30 anos. Em 2003 decidiu retornar ao Brasil e escolheu a capital paraense como morada. “Fizemos essa ponte-aérea Nova Iorque-Belém”, relembra Tina Mesquita, acrescentando que na época Sacchi mantinha contatos com músicos paraenses como Marco André e Almirzinho Gabriel. “Quando chegamos em Belém, ele já tinha feito amizade com várias pessoas. Fomos muito bem acolhidos”, completa.
Poliglota e dono de uma vasta cultura musical, Sacchi logo foi convidado para integrar a equipe da Funtelpa, na época presidida por Ney Messias Jr. E assim surgiu o programa Mundiando. O acervo doado à Cultura Rede de Comunicação inclui rock, reggae, samba, música brasileira e world music. Todo o acervo será catalogado para compor a discoteca, que terá uma sala em homenagem ao pesquisador. “Nossa intenção é deixar esse material disponível para os ouvintes e pesquisadores”, diz Regina Silva, produtora da Rádio Cultura. O espaço será criado até o início do próximo ano, quando a Cultura será transferida para um prédio novo. Marcos Sacchi morreu no último dia 18 de abril, em decorrência de um câncer. Ele tinha 61 anos.
Texto:
Márcia Carvalho-Funtelpa
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...