Total de visualizações de página

terça-feira, novembro 29, 2011

ESCOLA 'GONÇALO DUARTE' CONVIDA O CORREIO JURUNENSE PARA O DEBATE SOBRE A DIVISÃO DO PARÁ

             Belém (PA), 30 de novembro de 2011.

Assunto: Convite – Debate sobre a divisão do Pará


Correio Jurunense
Ao jornalista Jorge Mesquita


É com muita satisfação e respeito, a favor da cidadania que nos dirigimos a vossa senhoria, para contar com a sua presença no debate organizado pela Coordenação Pedagógica do noturno desta unidade de ensino, que discutirá a possível divisão do Pará, no dia 03/12/2011 às 09:00 horas, visando esclarecer a comunidade escolar os diversos aspectos que envolverão o Plebiscito que se realizará no dia 11/12/2011.
Esclarecemos que a ação pedagógica em questão foi fruto de uma reunião da coordenação pedagógica com os professores do turno, que sugeriram o tema por conta do das dúvidas que envolvem o Plebiscito, bem como pela significativa quantidade de eleitores representada pelos nossos alunos.  
ESTRUTURA DO DEBATE SOBRE A
DIVISÃO DO PARÁ
- ESCOLA GONÇALO DUARTE
• No debate cada frente apresentará o seu programa político em 10(dez) minutos e depois o mediador abrirá para as rodadas das perguntas que serão elaboradas pelos alunos, professores, direção, coordenação pedagógica e comunidade.

•As rodadas serão sobre os seguintes temas: SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA E EMPREGO.
•Todas as frentes terão o direito de responder pelo menos 01(uma) pergunta sobre cada tema.
É importante dizer que representantes de todas as frentes já garantiram presença.
Desde já, agradecemos antecipadamente a sua presença.

                              Atenciosamente,
                                                        
Ana Selma
Vice Diretora

Rafael Aires
Especialista em Educação

Márcia Mariana
Especialista em Educação
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...