Total de visualizações de página

domingo, novembro 27, 2011

Pro Paz Cidadania encerra o ano com 12 mil atendimentos no Jurunas










A última edição do Pro Paz Cidadania em 2011 aconteceu neste domingo (27), no bairro do Jurunas. Nos 10 meses de implantação do projeto foram atendidos cerca de meio milhão de pessoas nas áreas de saúde, emissão de documentos, atendimento jurídico e atividades lúdicas.
As ações foram realizadas geralmente durante os fins de semana, para beneficiar o maior número de pessoas, fato que não desestimula quem trabalha no projeto. Para Vagno Ramos, assessor do Pro Paz Cidadania, trabalhar em prol da população é muito gratificante. “Eu fico muito feliz de estar aqui e ver o sorriso no rosto das pessoas. Nós não estamos aqui fazendo favor pra ninguém. É um direito da população ter acesso a esses serviços, e se é mais prático oferecê-los no fim de semana, então esse é o melhor dia para se trabalhar. Cada um que está aqui não mede esforços pra atender a todos da melhor maneira possível”, garantiu ele.
Foi a primeira vez que o Pro Paz Cidadania aconteceu no bairro do Jurunas, um dos mais populosos e tradicionais de Belém. Na Escola Placídia Cardoso, que funcionou como base da ação, foram realizados quase 12 mil atendimentos.
A vendedora Helen Fortes tirou a segunda via da Certidão de Nascimento da filha mais nova, e disse ter ficado impressionada com a qualidade do atendimento e o com a variedade de serviços gratuitos. “O atendimento é excelente. Não tive nenhuma dificuldade. Já faz tempo que tento conseguir essa segunda via, mas é muito caro retirar uma. Aqui o serviço é gratuito e ainda é perto de casa. Vim com vários vizinhos que estão espalhados pela escola, cada um resolvendo um tipo de problema”, contou Helen.
Alice Oliveira, 62 anos, mesmo sendo hipertensa acreditava não precisar de consulta, mas aproveitou para verificar a pressão arterial. Na hora foi constatada a alteração da pressão e ela foi encaminhada para atendimento imediato com cardiologista e nutricionista. “Eu não estava sentindo nada, vim só pra aproveitar e fazer um controle. Agora já vou ser consultada e saio com os remédios na mão”, afirmou.
Rapidez - O atendimento rápido e completo é uma das características do “Presença Viva”, programa responsável pelas ações na área de saúde dentro do Pro Paz Cidadania. Os ônibus onde foram montados os consultórios e laboratórios resultam de um investimento de quase R$ 400 mil, para deixá-los em condições de atendimento.
“Os nossos ônibus estavam completamente sucateados no início deste ano, mas já foram reformados, e ainda teremos mais investimentos para o ano que vem, com a ampliação dos serviços de exames laboratoriais, raio X, ultrassom e endoscopia”, informou Hebe Ripardo, coordenadora do “Presença Viva”.
As atividades lúdicas chamaram a atenção das crianças. Roda de capoeira, noções de trânsito com agentes do Departamento de Trânsito (Detran) e oficina de pintura e desenho com técnicos da Fundação Curro Velho fizeram parte da programação.
O escovódromo, onde foi ensinada a escovação correta, também atraiu crianças e adolescentes. Delson Santos Júnior, 12 anos, estava com os amigos participando das atividades. Para ele, a ação do Pro Paz Cidadania é fonte de diversão. “Escolhemos vir pra cá aproveitar o domingo. Participamos de várias atividades e até ganhamos escovas para cuidar dos dentes. Aprendemos muitas coisas brincando e nos divertimos bastante”, disse Delson.
O Pro Paz Cidadania encerrou as ações deste ano. Em 2012 o projeto retomará o atendimento à população, com a ampliação das atividades.

Texto:
Dani Filgueiras-Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...