Total de visualizações de página

domingo, novembro 27, 2011

UMS Jurunas recebe ação de combate e prevenção ao câncer de boca



Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), no estado do Pará, o câncer de boca ocupa a quinta posição entre os homens e a sétima entre as mulheres. O Pará é o segundo estado da região Norte com maior incidência da doença.
  Para lembrar o Dia de Combate e Prevenção do Câncer de Boca, comemorado nesta sexta-feira (25), a Associação Brasileira de Odontologia no Pará (ABO-PA), promoveu uma programação especial na Unidade Municipal de Saúde (UMS) do Jurunas, bairro que registra elevado número de casos de doenças bucais. Cerca de 80 pessoas trabalharam na ação, que esperava atender mais de 1000 pessoas.
  Durante a ação, que também teve apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc), foram ofertados exames odontológicos, palestras educativas, escovódromo e orientações de higiene bucal e alimentação saudável.
 A representante da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), Clélia Algaranhar, explica que a UMS do Jurunas foi escolhida para disseminar a ação devido a grande participação dos usuários. “Eles são muito participativos e sempre respondem a essas ações sociais. Além do mais, é de extrema importância passar essas orientações para a população”, disse.
 Bruna Veiga, 8 anos, recebeu orientação de profissionais no escovódromo, sobre a importância e o modo de escovação. “Eu percebi que estava escovando meus dentes da maneira errada. A partir de hoje já vou fazer do jeito certo e ensinar meus irmãos também. Gostei, porque além de aprender, eu ainda ganhei uma escova nova”, comemorou.
 O câncer de boca se manifesta por meio de tumores malignos que acometem a boca e parte da garganta. Pode se desenvolver nos lábios, língua, céu da boca, gengiva, amígdala e glândulas salivares. Pessoas com mais de 40 anos de idade, dentes fraturados, fumantes e portadores de próteses mal-ajustadas devem evitar o fumo e o álcool, promover a higiene bucal, ter os dentes tratados e fazer uma consulta odontológica de controle a cada ano. Outra recomendação é a manutenção de uma dieta saudável, rica em vegetais e frutas.
 De acordo com as orientações da diretora da UMS do Jurunas,Lena Cláudia Vieira,  deve-se sempre marcar consultas periódicas com médicos especialistas. “Nem sempre é possível visualizar os primeiros sinais que indicam a existência do câncer bucal, por isso a importância das consultas regulares com o dentista ou o médico. Os especialistas são preparados para detectar esses primeiros sinais”, disse. 
 Ainda segundo a diretora, a unidade atende cerca de 100 pessoas por dia no setor de odontologia, que realiza trabalhos de prevenção, serviço de limpeza, escovação, obturação e microcirurgias. “Se detectado algum problema de boca mais grave, encaminhamos o paciente para os hospitais e centros especializados”, explicou.
 Na rede Municipal, o atendimento bucal especializado é realizado pelo Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas (Cemo), que funciona 24 horas, com uma média de mensal de 4.500 atendimentos médicos e odontológicos. Na área odontológica, com mais de 3.000 atendimentos mensais, as especialidades disponíveis para a população são endodontia, ortodontia, canal, periodontia, para gestantes, e o programa Bebê Clínica.
 O acesso ao Cemo é feito com o encaminhamento das Unidades Municipais de Saúde (UMS). No momento em que o paciente é referenciado para o Cemo, deve apresentar  RG e  comprovante de residência. No caso de pacientes menores de 18 anos, é necessária a apresentação da certidão de nascimento e a carteira de vacinação em dia.
 
Texto: Denise Silva- Ascom Sesma
 Fotos: João Gomes
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...