Total de visualizações de página

quinta-feira, novembro 24, 2011

Operação Comen desmantela esquema de tráfico no Pará e Amapá

A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (24) os resultados da operação “Comen”, sob coordenação do núcleo dos Estados do Pará e Amapá do Conselho de Segurança Pública do Meio-Norte. Um mandado de prisão foi cumprido em Laranjal do Jari, onde policiais civis e militares prenderam três homens em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Peritos criminais do Pará auxiliaram a perícia de constatação de entorpecente. Foram encaminhados dezenos de veículos para a Delegacia de Monte Dourado para verificação junto ao banco de dados dos órgãos de Segurança Pública.
Ao longo dos rios Jari e Amazonas, policiais civis e militares fizeram abordagens em embarcações de pequeno e médio portes. As ações aconteceram entre os dias 17 e 18 deste mês, nas regiões de Laranjal do Jari, em Vitória do Jari, no Amapá; e no distrito de Monte Dourado, em Almeirim, e cidades de Gurupá e Breves, na ilha do Marajó, no Pará.
Os agentes usaram na operação duas embarcações – barco-motor “André Luís”, e lancha de abordagem rápida “Asa Branca” - ambas da Polícia Civil do Pará. O objetivo foi cumprir mandados de busca e apreensão de alvos e de mandados de prisão de foragidos do Sistema Penitenciário do Amapá e do Pará. Durante as ações policiais, foram feitas barreiras de fiscalização nas vias de acesso ao distrito de Monte Dourado e abordagens a veículos particulares, motos, ônibus e vans para combater crimes como tráfico de drogas, de armas e de animais silvestres.
Foram usados na operação policiais militares do Grupo Tático Aéreo (GTA) e Batalhão de Operações Especiais (Bope), e policiais civis do Amapá e da Superintendência Regional das Ilhas do Marajó, Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe), Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), Delegacia de Polícia Fluvial, Batalhão de Polícia Ambiental e Companhia de Polícia Fluvial da PM do Pará, e peritos criminais do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves do Pará, além de policiais civis e militares de Monte Dourado.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...