Total de visualizações de página

terça-feira, novembro 22, 2011

Policiais detêm donos de imóveis que furtavam energia elétrica

A delegada Flávia Leal, da Delegacia de Crimes Contra Concessionárias de Serviços Públicos, da Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe), autuou nesta terça-feira (22), em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém (RMB), seis pessoas por furto de energia elétrica. Elas foram flagradas em casas com ligações clandestinas na rede de energia, popularmente conhecidas por “gatos”.
Denominada de operação “Faraday” – alusão à lei de indução eletromagnética na física – a ação policial teve parceria de técnicos da Rede Celpa e peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. Os flagrantes foram feitos nos conjuntos residenciais Jardim Europa e Jardim América, na rodovia Mário Covas.
Segundo a delegada, a operação é resultado de um levantamento feito em toda Grande Belém pela empresa concessionária de energia elétrica sobre imóveis com reincidência de ligações clandestinas. Com base nas informações, a equipe da delegacia passará, a partir desta terça-feira, a fazer operações para reprimir o crime de furto de energia elétrica, que traz prejuízos não só à concessionária, mas principalmente à população, devido aos riscos de incêndios e constantes desligamentos na rede de energia elétrica.
Os agentes se deslocaram aos conjuntos residenciais, onde doze imóveis foram identificados por práticas de ligações clandestinas. Destes, em seis houve a constatação dos chamados “gatos”. A delegada explicou que os peritos fizeram, no mesmo instante, a perícia na rede de energia elétrica e constataram a ligação irregular. Em seguida, os donos dos imóveis foram conduzidos à sede da delegacia para responder pelo crime.
Os técnicos da Rede Celpa, após a constatação da ligação ilegal, fizeram o desligamento dos cabos de energia elétrica. Por se tratar de crime sujeito à fiança, a delegada arbitrou a taxa aos autuados que, assim que quitarem os valores, serão liberados da prisão, mas vão responder pelo crime na Justiça. A delegada ressaltou que outras operações serão deslanchadas em toda a RMB em pontos já mapeados, tanto nos centros de cidades como na periferia.
Walrimar Santos – Polícia Civil
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...