Total de visualizações de página

sábado, novembro 12, 2011

@... SAÚDE @ TEM AÇÃ NESTA MANHÃ DE SÁBADO NA UBS DE SAÚDE DO JURUNAS

Beneficência Portuguesa
apresenta projeto de
novo hospital ao
prefeito Duciomar Costa

A construção de um novo hospital em Belém foi o foco da reunião entre o prefeito Duciomar Costa e coordenadores do Hospital da Beneficência  Portuguesa, realizada nesta sexta-feira,11, no Palácio Antonio Lemos. Trata-se do complexo que será denominado São João de Deus, e será construído no terreno em frente ao Hospital Dom Luiz I, localizado na rua Boaventura da Silva,no bairro do Umarizal.Interligando as duas casas de Saúde haverá uma passarela, o que possibilitará a redução de custos com a obra e a utilização de serviços únicos para os dois complexos, como  farmácia, lavanderia, cozinha e etc.
 O prefeito Duciomar Costa deu apoio total à obra e se mostrou entusiasmado com o projeto, por ser uma realização que ajudará um grande número de pessoas e que ficará como marco de desenvolvimento na área da Saúde em Belém. " O novo complexo trará conforto e dignidade para aqueles que enfrentam tantas dificuldades na hora de conseguir uma vaga em algum hospital público, muitas vezes por falta de espaço físico para atender a grande demanda da população", disse o prefeito.
 O lançamento oficial da obra será o dia 8 de dezembro, no Hospital Dom Luiz I. A previsão é que a construção do novo complexo seja inicada logo nos primeiros meses de 2012 e deve terminar num prazo máximo de quatro anos. A respeito do projeto, o vice-presidente da Beneficente Portuguesa,Francisco Roberto Reis França, disse que a extensão da obra, que será erguida em cerca de 40.000 m² de área, terá que ser realizada em minuciosas etapas, para evitar qualquer equívoco ou precipitação. "É um empreendimento necessário e há muito esperado, chegando na hora certa para atender as necessidades da população belenense", declarou Francisco França.
 
Texto: NID/Comus
Santa Casa faz curso de
sensibilização em
aleitamento materno
O estímulo ao aleitamento materno é um trabalho permanente na Fundação Santa Casa do Pará, onde está a maior maternidade do estado. Nesta sexta-feira, 11, foi concluído o curso de Sensibilização em Aleitamento Materno, que teve como objetivo sensibilizar e capacitar os servidores da Santa Casa para que possam prestar apoio à mãe e ao bebê no que se refere à amamentação.
Os 53 participantes do curso se dividiram em grupos de três para entrevistarem as mães da maternidade e checarem as informações sobre a importância do leite materno e a amamentação.  Para a técnica de enfermagem Milene Moura a aplicação do curso foi proveitosa, “dá uma visão completa da importância do trabalho do hospital para as mães que buscam a maternidade. Trabalhar aqui é fazer parte de uma família”.
Para a nutricionista do Banco de Leite do hospital Mara Amaral, o curso de sensibilização é uma maneira de reforçar o atendimento às mães que procuram a Santa Casa. “O importante é o bebê sair daqui mamando bem e a mãe com todas as orientações sobre o aleitamento. Para isso o trabalho dos profissionais que vão atuar no berçário e maternidade do hospital é fundamental”. Mara relata, ainda, que enquanto a mãe está no leito e seu filho no berçário o profissional atua na Santa Casa como uma ponte entre mãe e filho.
Uma das metas do curso, além de sensibilizar o profissional no aleitamento, é prepará-lo na qualidade de fazer um bom atendimento às mães que vêm de todos os cantos da região amazônica. Mara Amaral reforça aos participantes do curso que é importante que as mães se surpreendam com o atendimento integrado da Santa Casa. Destacando-o como hospital amigo da criança.
Ascom Santa Casa
Campanha de Câncer Bucal
fará busca ativa de
pacientes no Jurunas
 Acontece a reunião para detalhamento da  4ª Campanha de Prevenção do Câncer Bucal, que será realizada no dia 25 de novembro, na Unidade Municipal de Saúde (UMS) do Jurunas, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) e do Serviço de Patologia Bucal do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB). A campanha promovida pela Associação Brasileira de Odontologia (ABO-PA) acontece anualmente em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Câncer, comemorado no dia 27 de novembro. Pode ser entrevistada a diretora do Departamento de Saúde Coletiva da ABO-PA, Clélia Algaranhar, representantes da Sesma e do HUJBB.
Desta vez, o objetivo é permitir uma maior interação com a população que tem menos acesso às iniciativas de prevenção e promoção de Saúde Bucal. Por isso, além da tradicional orientação sobre os cuidados com a higiene bucal e autoexame, serão doados kits de higienização e feito rastreamento de pacientes com lesões em tecidos moles. O alvo da campanha serão pessoas acima de 40 anos, que fazem uso de tabaco, álcool, próteses mal adaptadas e que trabalham expostas ao sol.
Conto com seu apoio para divulgar a campanha para a comunidade do bairro do Jurunas, onde será realizada a ação.
 Roberta Vilanova
Xxx
Uepa participa do II Encontro
de Ouvidorias Públicas
A Universidade do Estado do Pará (Uepa) foi uma das convidadas a participar do II Encontro de Ouvidorias Públicas do Estado, no auditório da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), em Belém, nesta sexta-feira (11). O ouvidor da universidade, Lairson Cabral, esteve presente ao evento, que discutiu a existência da ouvidoria dentro dos órgãos como um instrumento de gestão e controle social.
O encontro também foi aberto a técnicos lotados nas mais diversas ouvidorias existentes no Estado, gestores e servidores de órgãos públicos, políticos e autoridades. O objetivo da programação foi promover a troca de experiências entre os participantes a fim de integrar as ouvidorias que já existem e apoiar as que foram criadas há pouco tempo. As palestras ministradas trataram sobre práticas exitosas, lei de acesso à informação e gestão pública, dentre outros.
Carolina Menezes – Uepa
Santa Casa homenageia
mãe que teve bebê
às 11h desta sexta-feira
Nesta sexta-feira (11), o trabalho na maternidade da Santa Casa de Misericórdia do Pará, a maior da região amazônica, foi intenso. De meia noite até 17h30, 15 mulheres deram à luz bebês em uma das datas mais curiosas do ano - 11/11/2011. Destes, 10 nasceram de parto normal e cinco de cesarianas. Para Vanessa Cristina dos Santos Raiol, 19 anos, moradora de Ananindeua (município da Região Metropolitana de Belém), o nascimento da primeira filha, Tayla Cristina, também guarda outra coincidência: com 2.160 kg e medindo 43 cm, Tayla foi o 11º bebê a nascer na Santa Casa, exatamente às 11h.
O fato chamou a atenção dos profissionais, e mãe e filha acabaram homenageadas pela direção do hospital, junto com as outras mulheres que tiveram seus filhos nesta data. Já ao lado da filha, Vanessa disse emocionada o que espera para o futuro de Tayla. “Desejo que minha filha seja obediente, estudiosa, bom caráter, honesta, tenha boas amizades e muita saúde e paz”, declarou.
Vaneide de Paula Garcia, 32 anos, moradora do bairro do Marco, em Belém, também deu à luz André Luan nesta sexta-feira. Para ela, hoje é uma data importante. "Foi o dia em que meu bebê nasceu. Desejo a todos os outros bebês que tenham uma vida plena de realizações, de amor, saúde e paz. André, com certeza, é um menino de sorte”, disse Vaneide Garcia.
Segundo o médico Adnor Moraes, membro da equipe que atendeu as mulheres na maternidade, a data teve um significado diferente na rotina do hospital. A Santa Casa realiza uma média de 20 partos por dia. “Esperamos que todos os bebês que vieram ao mundo na data de hoje tenham um futuro brilhante, iluminado, que se tornem adultos capazes de ajudar o próximo”, disse Adnor Moraes.
A presidente da Fundação Santa Casa de Misericórdia, Eunice Begot, entregou um buquê de flores à mãe do 11º bebê. O gesto foi  uma maneira de expressar o carinho a todas as mulheres que tiveram seus filhos no hospital nesta data. Segundo Eunice Begot, o desejo de todos os profissionais da instituição é que a atenção básica à saúde melhore, principalmente o atendimento às gestantes. "Queremos que as mulheres cheguem à Santa Casa cada vez melhor atendidas, e que seus bebês sejam bem nutridos e tenham uma infância cheia de carinho, para que se tornem adultos transformadores, em um mundo melhor", ressaltou.
Misticismo -  A coincidência dos números na data de hoje é cercada de misticismo. Muitos casamentos e nascimentos foram programados para esta data, quando também grupos de pessoas se reuniram em vigílias pelo mundo, às 11h11min11seg. Muitos interpretam a data como a possibilidade de abertura de portais para a iluminação espiritual. Afinal, hoje é o 11º dia, do 11° mês, do 11º ano deste milênio.
Os místicos afirmam ainda que 11 é um número especial pela grandeza, pois carrega poderosa vibração, permite a expansão da consciência e tem o poder de transformar. A energia do número 11 espalha conhecimento e carrega o potencial para percepção extrasensorial.
Ascom/Fundação Santa Casa
Crianças em tratamento
no Ophir Loyola recebem
visita do palhaço
Ronald McDonald
Crianças em tratamento no Hospital Ophir Loyola receberam na tarde desta sexta- feira (11), a visita do palhaço Ronald McDonald.  A visita realizada anualmente é uma conseqüência do apoio que o Instituto dar à associação Colorindo a vida, uma entidade sem fins lucrativos que está construindo uma Casa de Apoio para crianças e adolescentes do interior do Estado em tratamento oncológico no hospital.
Logo ao adentrar o HOL, o palhaço foi reconhecido por todos e foi logo brincando com os pacientes que aguardavam por atendimento. No Hospital Dia - local onde pacientes de até 19 anos que não precisam ficar internados recebem medicamentos, hidratação e ficam em observação-  assim como na pediatria, os pacientes infanto-juvenis puderam participar de alguns truques de mágica, provocando muitos sorrisos em mães e respectivos filhos.
Na ocasião, foi estimulado o respeito à amizade e ao próximo com uma linguagem adequada ao público direcionado. “Gosto de ver ele na televisão, acho ele diferente e muito divertido. Ele traz alegria e motivação pra todas as crianças”, disse Kevison Ramos, de 12 anos.
Em tratamento há dois anos contra leucemia, Fernando Silva de apenas 5 anos ficou muito empolgado com a presença  do animador.  “Acho que ele é de brinquedo, um boneco grandão, vou pegar nele”, disse em tom de inocência.
“Não dá para explicar a emoção de fazer desabrochar um sorriso, principalmente quando se trata de um público de pequeninos. Sinto um misto de emoções, principalmente por se tratar de um ambiente hospitalar, é algo realmente incomparável que mexe com qualquer ser humano”, ressaltou o palhaço.
A associação Colorindo a Vida conta com o apoio de instituições públicas e privadas para prestar a assistência aos pacientes infantis e juvenis com câncer, mas ainda precisa de recursos para poder mobiliar e equipar a Casa de Apoio em construção. O objetivo é assegurar assistência temporária e de forma gratuita, garantir condições biopsicossociais que contribuem no processo de cura, além de melhorar a autoestima e autoimagem dos pacientes.

Leila Cruz- Ascom Ophir Loyola

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...