Total de visualizações de página

terça-feira, novembro 22, 2011

Coletiva da ópera Carmina Burana

No dia 26 de dezembro (sábado), às 20h, estreia no Theatro da Paz a versão encenada de Carmina Burana, dirigida por Maria Sylvia Nunes, sob a regência de Miguel  Campos Neto, tendo Liz Nardotto, Federico Sanguinetti e Flavio Leite como solistas. Segundo Gilberto Chaves, a peça de Carl Orff, encenada pela primeira vez em 1937, foi o desafio escolhido para o festival deste ano. “Escrita como cantata cênica, tornou-se célebre na sua versão de concerto e, ao executá-la na forma teatral, entramos no delicado terreno da aventura e da ousadia: dar vida a textos compostos por trovadores, monges lúbricos desgarrados, bêbados e vagabundos de toda espécie que cantam, poética e livremente, as mutações que envolvem a natureza e a interação que esta provoca nos homens” afirma.
Além disso, outro fato torna Carmina Burana uma apresentação especial: a direção de Maria Sylvia Nunes. Ágil e inquieta, Maria Sylvia, aos 81 anos, é um verdadeiro mito no Pará – é ela, por exemplo, quem dá nome ao moderno teatro instalado no complexo turístico da Estação das Docas, em Belém.
Maria Sylvia foi a pioneira do teatro amador paraense na década de 50 e fundou a escola teatro da Universidade Federal nos anos 60. Entre seus feitos notáveis, há um que pouca gente conhece: ela dirigiu, em Recife, a primeira montagem teatral de “Morte e Vida Severina”, do poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto. As músicas originais utilizadas no espetáculo não foram as de Chico Buarque de Holanda, escritas posteriormente e que ganharam fama mundial. As músicas do espetáculo de estréia de “Morte e Vida Severina” foram compostas por Waldemar Henrique – cujas partituras desapareceram e não foram encontradas até hoje.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...