Total de visualizações de página

domingo, novembro 20, 2011

Cursinho alternativo da Uepa prepara candidatos ao vestibular

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) está na contagem regressiva para seus processos seletivos 2012, que acontecem dias 27 e 28 de novembro, com a primeira e segunda etapa do Processo Seletivo (ProSel)  e do Programa de Ingresso Seriado (Prise). Ainda haverá mais uma prova dia 18 de dezembro, quando acontece a terceira etapa do Prosel e Prise.
Quem também está na fase de preparativos finais para as grandes provas é o alunado do cursinho alternativo da Uepa, que se prepara para concorrer a uma vaga na universidade. O curso existe desde 2007 e é uma parceria entre a Uepa, que sede o espaço físico, e os alunos da universidade, que lecionam de graça os conteúdos do vestibular para estudantes e ex-estudantes da rede pública de ensino.
"Ministramos todo o conteúdo dos vestibulares entre fevereiro e setembro, e desde outubro estamos em processo de revisão. Nesse momento, os participantes tiram dúvidas e fazem listas de exercícios e outras atividades que ajudam a fixar o conteúdo aprendido no decorrer do ano", explica o coordenador do projeto, Danilo Gomes, graduando de ciências naturais – habilitação em química da universidade.
Em seu quinto ano, o cursinho alternativo tem o maior público até hoje. "Começamos com 250 matriculados e, naturalmente, uns vão largando no meio do caminho. Nessa reta final, estamos com 150 estudantes, um número que nunca tivemos diante de uma proximidade tão grande do dia das provas", revela Danilo. O curso funciona como outro qualquer. Oferece aulas de língua portuguesa, literatura, redação, matemática, química, física e biologia para alunos do primeiro e segundo anos do ensino médio e convênio, mas com o diferencial de ter aulas apenas aos sábados, sempre das 8 às 18 horas.
Para Jeanni Veloso, aluna do primeiro ano, a importância do curso alternativo é o foco no vestibular. “Na escola não aprendo os conteúdos específicos dos processos seletivos. Além disso, com a greve dos professores ficamos muito tempo sem aula, mas aqui nada parou. Eu me sinto mais preparada para fazer as provas do que os meus amigos da escola”, compara.
Thiago Luis Lobato é aluno da turma de convênio e vai tentar vestibular pela terceira vez. O jovem, que ingressou no curso alternativo este ano, ficou surpreso com o conteúdo apresentado em sala. “Tem matérias que só vi aqui, e olha que não é a primeira vez que estudo para o vestibular. Os professores dão aulas descontraídas, o que também facilita o entendimento. Acho que dessa vez tenho mais chances de entrar na universidade”, acredita.
A experiência é marcante tanto para quem estuda quanto para quem ministra as aulas. O graduando do curso de biologia da Uepa Jadir Jomar resolveu dar aulas assim que soube do cursinho. “A gente ganha muito com essa experiência. Podemos colocar em prática o que aprendemos durante o curso e o nosso maior pagamento é ver a realização dos alunos. Essa é uma prestação de serviço social, é o retorno que damos à comunidade por cursarmos uma faculdade pública”, afirma.
O graduando em licenciatura em letras Edi Franco diz que revive experiências e se enxerga nos alunos. “Agora que está chegando perto das provas parece que passa um filme na nossa cabeça. Sei exatamente o que eles estão sentindo, é como se fosse um espelho. Tento desmistificar esse momento para que eles não sofram tudo o que sofri”, garante.
Novidades – Os candidatos inscritos na primeira etapa do Prise – subprograma XV, cuja prova é dia 27 deste mês, que foram lotados no Instituto Federal do Pará (IFPA), em Belém, agora prestarão o exame no campus profissional da Universidade Federal (UFPA), com entrada pela avenida Perimetral. Os candidatos que estavam lotados na Escola Frei Ambrósio, em Santarém, oeste do Pará, foram transferidos para a Escola Estadual Almirante Soares Dutra, localizada no bairro Caranazal. Os cartões de confirmação com o novo local estão disponíveis nos sites www.uepa.br e www.prodepa.psi.br/uepa/vest/novo/lotacao/.
A primeira e a segunda etapa das provas do Prise e Prosel acontecem dias 27 e 28 deste mês, respectivamente, de 8 às 13 horas. A terceira etapa será dia 18 de dezembro, no mesmo horário. Na primeira etapa, os candidatos devem responder a 56 questões objetivas de conhecimentos gerais nas áreas de química, matemática, física, biologia, língua portuguesa, literatura brasileira e portuguesa, história e geografia.
Na segunda etapa, serão 60 questões objetivas de conhecimentos gerais, mais língua estrangeira. Na última etapa, os candidatos responderão a 54 questões objetivas, incluindo língua estrangeira, e uma redação valendo 30 pontos. Para todas as etapas, cada questão valerá um ponto.
Os processos seletivos 2012 da Uepa receberam mais de 98 mil inscritos, para concorrer a 3.232 vagas ofertadas em 21 cursos de graduação espalhados em Belém e pelo interior do Estado, nas áreas de educação, saúde e tecnologia. Dentre as novidades deste ano estão a criação do curso de licenciatura em letras, com habilitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), em Belém, e biomedicina, em Marabá, no sudeste do Estado.
Além disso, a Uepa implanta em Belém e em outros seis municípios seis cursos: licenciatura em filosofia, em Belém; geografia, em Belém e em Igarapé-Açu; ciências naturais, com habilitação em química, em Altamira e em Salvaterra; bacharelado em secretariado executivo trilingue, em Barcarena; pedagogia em São Miguel do Guamá e ciências naturais com habilitação em biologia em Tucuruí.

Dani Filgueiras – Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...