Total de visualizações de página

sexta-feira, novembro 04, 2011

Governador recebe presidente do Instituto Brasileiro de Mineração

Ampliar a interação da indústria da mineração brasileira com o governo do Pará. Este foi o assunto que norteou a reunião entre o governador Simão Jatene e Paulo Camillo, presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), entidade nacional representativa de empresas e instituições que atuam na indústria da mineração.
Durante o encontro, ocorrido na manhã desta sexta-feira, 4, no gabinete do Comando Geral da Polícia Militar do Pará, o presidente do instituto apresentou ao governador uma série de ações que a entidade já realiza no Pará e projetos que ainda serão colocados em prática. Entre as ações realizadas no Estado está o Programa Especial de Segurança em Barragens de Rejeitos, iniciativa voltada para a capacitação de profissionais dos setores de mineração, extensiva a governos e sociedade civil, quanto às melhores práticas para a gestão de segurança nesses empreendimentos, disponibilizando modernas ferramentas e estratégias de gestão.
No ano passado, 23 técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) foram capacitados pelo programa e no ano que vem, o treinamento deve se repetir. “O projeto busca contribuir decisivamente para minimizar a ocorrência de acidentes e incidentes nas barragens. O sucesso dessa iniciativa depende do comprometimento dos órgãos governamentais e da sociedade civil. O governador nos recebeu positivamente e demonstrou total  interesse em ser nosso parceiro”, enfatizou o presidente do IBRAM.
Evento – No ensejo, os representantes do IBRAM aproveitaram para convidar o governador a participar da Exposibram Amazônia 2012 – Exposição Internacional de Mineração da Amazônia, que acontecerá no ano que vem, em Belém. Paralelo à exposição acontecerá também o 3º Congresso de Mineração da Amazônia. O evento promoverá debates sobre temas como o direito mineral, fechamento de mina, gestão de barragens de rejeitos, novo marco regulatório para o setor mineral, relações com as comunidades, mercado, saúde e segurança do trabalho, entre outros.
Bruna Campos – Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...