Total de visualizações de página

quinta-feira, novembro 10, 2011

REPÓRTER JURUNENSE: Acompanhe as novidades

Encontro de ativistas
de ONGs AIDS
Belém sedia de 11 a 14/11, a apartir de sexta, nas dependências do Hilton Hotel, o XVI ENONG - AIDS, encontro que reune ativistas do movimento AIDS de todo o Brasil. Segue o material com as informações e os contatos dos coordenadores do evento. A seguir telefones de coordenadores aptos a prestarem entrevistas e repassarem informações sobre a organização do evento e os temas a serem abordados dirante o Encontro.

FÓRUMPARÁ/Gempac - Amujaci Brilhante (91) 81414278;

GRUPAJUS- Antonio Ernandes; 91916202
Reunião define realocação
dos trabalhadores do
Centro Comercial de Icoaraci
 A realocação dos comerciantes que trabalhavam no Centro Comercial de Icoaraci - interditado com base no laudo 070/2011 do Instituto Renato Chaves - foi o tema principal da reunião realizada entre o agente distrital de Icoaraci, Kadmiel Pacífico, e os representantes da Secretaria Municipal de Economia (Secon), Guarda Municipal e Vigilância Sanitária do Município.
 O encontro, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (09), na sede da Secon, buscou garantir que os estes trabalhadores não fiquem sem exercer uma atividade econômica.
 A ordem de interdição divulgada na última sexta-feira (04), que constatou o risco de desabamento do prédio. Além do prédio principal, onde atualmente trabalham 49 comerciantes, há construções irregulares por todo entorno, que abrigam cerca de 80 trabalhadores.
 Entretanto, várias atividades desenvolvidas no espaço não se enquadram dentro das normas de feiras e mercados. Por conta disso, muitos trabalhaodores deverão de adequar a uma nova atividade.
 O diretor do Departamento de Feiras e Mercados da Secon, Arthur Benassuly, informou que foi feito um levantamento de 49 boxes disponíveis em algumas feiras de Belém. Estes espaços serão oferecidos aos remanejados do Centro Comercial de Icoaraci. Dos espaços disponíveis, 90% são para a venda de hortifrutis.
 De acordo com Kadmiel Pacífico, a medida que os trabalhadores forem sendo retirados, receberão um documento os encaminhando até a Secon, onde poderão de cadastrar e receber um novo espaço dentre os oferecidos.
 A retirada dos trabalhadores iniciou hoje e será feita de forma gradativa até a próxima sexta-feira (11). O Ministério Público esta acompanhando o caso e estabeleceu um prazo de 20 dias, a contar de ontem da última quarta-feira (08), para que a Prefeitura de Belém realize a interdição do espaço e apresente uma proposta de destinação para o local.

Texto: Ascom Secon
Fotos: João Gomes
Incrições abertas:
Jornada científica
Com o tema “Humanizando o atendimento para a melhoria da qualidade de vida do paciente oncológico e do profissional de saúde, o Hospital Ophir Loyola promove de 18 a 25 de novembro, de 9h às 12h30,  a Jornada Comemorativa 10 Anos de Cuidados Paliativos, Ambulatório da Dor e Assistência Domiciliar, no auditório Luis Geolás. Durante o evento científico, os participantes farão uma visita programada “ in loco” para conhecer o trabalho desenvolvido pela Clinica de Cuidados Paliativos Oncológicos e Dor (CCPO) e critérios de eletividade para encaminhamento dos pacientes.  A inscrição é  efetivada  com a doação de um pacote da fralda geriátrica tamanho M ou G. Mais informações pelos telefones 3342-1309/1319.
 Serviço/Informações:
Hospital Ophir Loyola
Av. Magalhães Barata 992- São Brás
Divisão de Eventos Científicos
Fone: 3342- 1209/1319

Programação Científica

18/11/11
Horário: 8h
Atividade: Inscrições/Credenciamento

Horário: 8h30
Solenidade de abertura

Horário: 9h -10h
Conferência de Abertura:
Cuidados Paliativos em busca da dignidade ao paciente ontológico
Conferencista: Dra. Inês Melo

Horário: 10h – 10h20
Intervalo coffe-break

Horário 10h20 -12h
Mesa Redonda: Cuidados Paliativos em busca da dignidade ao paciente oncológico.
Presidente: Dra. Inês Melo
Secretaria: Enfa. Gisele Ferreira

Tema: Atuação da Enfermagem
Debatedora: Enfa. Maria Margarida Costa de Carvalho

Tema: Atuação do Serviço Social
Debatedora: Ass. Social Ana Lídia de Brito Sardinha

Tema: Atuação da Psicologia
Debatedora: Psic.Elvira Silvestre Chaves Gama

Tema: Atuação da Terapia Ocupacional
Debatedor: T.O. Vanessa do Socorro Mendes

Tema: Atuação da Fisioterapia
Debatedora: Fisio. Rafael Vilhena Brilhante

Tema: Atuação Farmacêutica
Debatedora: Farm. Joana D’arc da Silva

Tema: Atuação Nutricional
Debatedora: Nut. Walkiria de Moraes Silva

Tema: Atuação da Médico Paliativista da CCPO
Debatedora: Dra Roberta Martins Pinto da Costa

Tema: Atuação do Médico Paliativista VD
Debatedor: Dr Sâmio Pimentel Ferreira

Tema: Atuação do Médico da DOR
Debatedor: Dr. Mauro de Brito Almeida 
Ação educativa com
motoristas
dos transportes de
cargas articulados
Para conscientizar e orientar os motoristas dos transportes de cargas articulados sobre a circulação deste tipo de veículo no Complexo do Entroncamento, a Companhia de Transportes do Município de Belém (CTBel) fará uma ação educativa, nesta quinta-feira (10), a partir das 08h30, ao longo da Rodovia Arthur Bernardes.
 A ação tem como principal objetivo informar aos motoristas dos horários que os transportes de cargas articulados podem circular na rotatória, já devidamente sinalizadas com as placas de orientação.
 O diretor de Trânsito da CTBel, Elias Jardim, destaca que esta ação é uma forma de reforçar a orientação, o que não inviabiliza a fiscalização aos condutores que descumprirem a sinalização de trânsito.
Hospital Ophir Loyola promove
palestras para população
no Dia Mundial do
Combate ao Câncer
de Próstata
O Hospital Ophir Loyola em alusão ao Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata promove para população, no dia 17 de novembro, palestras educativas sobre Prevenção do Câncer de Próstata. O evento tem o objetivo de promover ações sócio-educativas, esclarecer, sensibilizar e incentivar a população masculina, a realizar os exames. A palestra é gratuita e acontece no auditório Luiz Geolás do HOL em dois horários 8h às 9h e 14h às 15h.
 Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), atualmente, o câncer de próstata é a segunda causa de óbitos por câncer em homens, sendo superado apenas pelo câncer de pulmão. Dados do Registro Hospitalar de Câncer do Hospital Ophir Loyola apontam  que o câncer de próstata é o primeiro entre as dez neoplasias malignas mais freqüentes em homens.
 O diagnóstico precoce da doença aumenta consideravelmente as chances de sucesso no tratamento. Em sua fase inicial, o câncer de próstata tem evolução silenciosa, e algumas vezes não apresenta nenhum sintoma, quando apresenta são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes). Homens com parentes de primeiro grau que tiveram a doença têm mais chance de desenvolvê-la, a incidência aumenta proporcionalmente ao avanço da idade, por isso existe a necessidade de realizar consultas periódicas com o urologista.
 O câncer de próstata é frequentemente descoberto através de exame físico ou por monitoração dos exames de sangue, como o teste do "PSA" (sigla em inglês para antígeno prostático específico). Todo o homem a partir dos 45 anos deve realizar o toque retal e dosagem do PSA, principalmente aqueles com histórico na família independentemente de sintomas. Daí, a importância de chamar a atenção da sociedade para prevenção.

 Sesma recicla médicos
para diagnóstico da
doença de Chagas
Mais 30 médicos da rede básica de saúde e hospitais de Belém passarão por uma reciclagem para o atendimento a pacientes com suspeita de Doença de Chagas. O encontro acontece na manhã desta quinta-feira, 10, no auditório do Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém – Ipamb.
 Na semana passada, outros 33 médicos passaram pelo mesmo curso, que acontece rotineiramente, mas foi intensificado com o aumento dos casos da doença em Belém.
 Os médicos serão divididos em duas turmas, uma iniciando às 8h30 e outra às 14h30. Os profissionais desta quinta-feira são das unidades de saúde da Baia do Sol, em Mosqueiro; Bengui, Marambaia, Outeiro, Terra Firme e Satélite, além dos hospitais da 14 de Março, Guamá, Abelardo Santos e outros particulares conveniados ao Sistema Único de Saúde – SUS.
 No curso, o médico poderá reciclar as suas informações sobre a doença e sobre como identificar e definir o caso, e o que fazer com o caso diagnosticado, quais exames realizar, tipo de tratamento e para onde encaminhar o paciente. Tudo o curso é baseado no manual do Ministério da Saúde. O curso também foi motivado pela grande rotatividade de profissionais médicos nas unidades de saúde.
 O médico sanitarista, Augustinho Limeira, do Departamento de Vigilância em Saúde – Dev’s e a coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica do Dev’s, Leila Flores ministram o curso.
I Premio Belém de
Jornalismo quer
 valorizar a cidade
Belém está entre as maiores cidades brasileiras, oscilando entre 10ª e 11ª colocação no ranking de cidades mais populosas do País. Por conta disso tem os problemas de toda metrópole, mas também tem atrativos como poucas cidades.
 Rios com praias que confundem com o mar os que não estão acostumados, entre outros atrativos que, para quem vem de fora, torna a cidade muito acolhedora. Para colocar os encantos de Belém na pauta do noticiário, o Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor), com apoio da Prefeitura de Belém, lançou na noite de terça-feira (8), no auditório da Fundação Ipiranga, o I Prêmio Belém de Jornalismo, que vai distribuir R$ 18 mil em prêmios para os melhores trabalhos jornalísticos, envolvendo temas relacionados a Belém.
 Na abertura,o coordenador adjunto de Comunicação da PMB, jornalista Yuri Vidal, que representou o prefeito Duciomar costa no evento, falou da importância da valorização dos aspectos positivos da cidade. “Colocar Belém de forma positiva na pauta da imprensa é importante até mesmo para elevar a autoestima da nossa população, para que cuide ainda melhor da cidade e, por que não? para que Belém ganhe mais espaço positivamente na mídia nacional. É bom para a cidade, para o turismo, a economia, e com isso todos ganham”, ressaltou Vidal, que também é professor do curso de jornalismo e defendeu, como todos os presentes, a formação e o diploma de jornalista.
 O jornalista João Plaça, coordenador do curso de jornalismo da Faculdade Ipiranga, reforçou as palavras de Yuri Vidal, sobre a importância da formação para a vida do jornalista. “Por mais que hoje não seja uma exigência, é lógico que um profissional com boa formação sempre estará à frente daquele que procura a profissão por curiosidade, e o próprio mercado cuida de fazer uma seleção rigorosa desse profissional, por isso é tão importante garantir a formação para fortalecer a nossa categoria”, ressaltou Plaça.
 A diretora do Sinjor, jornalista Nara Bandeira, fez a apresentação do regulamento e informou sobre a premiação, que ocorrerá em seis categorias, com R$ 3 mil em prêmio para cada uma. Podem concorrer trabalhos veiculados por jornais,portais e emissoras de rádio ou televisão, sediados no Brasil.
 Haverá ainda uma premiação especial para estudantes de Comunicação Social, o “Destaque Acadêmico”, que será concedido ao melhor trabalho, em qualquer das categorias, produzido por estudantes de jornalismo regularmente matriculados em instituição de nível superior. “Consideramos o valor um incentivo, mas temos a certeza de que ser o vencedor do I Prêmio Belém de Jornalismo é muito importante para o currículo de nossos profissionais, em atuação na capital paraense”, ressaltou Nara.
 A jornalista Úrsula Vidal foi a palestrante da noite e falou sobre o mercado de jornalismo no Pará, as dificuldades encontradas no dia a dia. Em relação ao mercado, lembrou que embora algumas empresas de comunicação ainda não valorizem o trabalho do jornalista, o mercado de assessoria é muito amplo e tem lugar para todos que se dedicam. Úrsula ressaltou a importância da profissão na Amazônia, como região estratégica para o mundo. “Se você é hoje ou será amanhã jornalista na Amazônia, está no lugar certo, na hora certa. Com a descoberta do Pré-Sal na região, mais especificamente em nosso Estado, ela passa a ser estratégica aos olhos do mundo pelo peso que terá na questão econômica”, afirmou, ao finalizar com o conselho unânime sobre a importância da formação e da leitura na vida dos jornalistas.
 Serviço: Podem concorrer ao prêmio somente matérias publicadas ou veiculadas entre 1º de abril de 2011 a 31 de março de 2012, sendo que um mesmo autor poderá concorrer com mais de um trabalho e cada profissional poderá inscrever no máximo 2 (dois), um por categoria prevista no regulamento, que  está disponível no site do Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (www.jornalistasdopara.com.br). Mais informações pelo telefone (91) 3246 5209 ou (91) 3226 1900.
Funpapa fecha parceria com
Defensoria Pública e
promove ação social
Colhendo os bons resultados que tem obtido com parcerias, a Fundação Papa João XXIII (Funpapa) desta vez fechou com a Defensoria Pública do Estado. A primeira ação em conjunto ocorreu na manhã desta quarta-feira,9, em Icoaraci, e atendeu aproximadamente 350 pessoas com  serviços de documentação, orientação e beleza.
 Na ação intitulada Balcão de Direitos, o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de Icoaraci e a Defensoria Pública do Estado ofereceram serviços como a emissão de 1ª e 2ª vias de Certidão de Nascimento, Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira de Trabalho Profissional, orientação jurídica e cortes de cabelo. A próxima ação acontece neste sábado (12), no Cras Tapanã.
 Para a coordenadora do Cras,Shirley Pinheiro,a ação cumpre o objetivo de diminuir a distância entre os moradores do Distrito e esses serviços, que são oferecidos em Belém. “Conseguir trazer esses serviços para o Cras, onde o usuário não vai ter custo algum, é muito válido”, afirma.
 Em Dezembro, a programação chegará ao Cras Benguí, sendo que no dia 10, será realizado o casamento comunitário para mais de 80 casais.
 Doação – Além dos serviços de documentação, foi realizado um ato de louvor com a entrega de Bíblias aos usuários que estavam na fila esperando atendimento. A entrega das Bíblias é fruto da parceria da Funpapa com a Sociedade Bíblica do Brasil,que doou mais de 800 Bíblias à Fundação.
 A dona de casa Ilma Valente aprovou a ação que, segundo ela, foi uma conquista em dobro: “Primeiro ter a orientação jurídica de graça, segundo participar do louvor e ainda ganhar uma Bíblia. Mesmo não sabendo ler, vai trazer bênçãos a minha casa”.
 A presidente da Funpapa, Maria Costa, está visitando os 12 Cras realizando louvores e entregando Bíblias aos usuários. O primeiro a ser visitado foi o do bairro da Cremação, seguido pelo do Guamá. “Além da missão como Presidente da Fundação, eu sou missionária de Deus e sou testemunha do que Deus faz na minha vida. Quero que todos se sintam confortados, como eu me sinto”, declarou Maria Costa.

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...