Total de visualizações de página

quinta-feira, novembro 24, 2011

Servidores se preparam para apresentação no Servifest

É durante o intervalo do trabalho que os funcionários das administrações estaduais que vão participar da 10° edição do Servifest, o Festival de Música do Servidor Público, aproveitam para aquecer a voz, afinar os instrumentos e ensaiar as canções que serão apresentadas. Esta edição do festival que acontece no período de 25 a 27 de novembro, no teatro Margarida Schivasappa, do Centur, bateu recorde de inscrições, com mais de 80 composições na disputa pela melhor canção.
Estreante no evento, a advogada Lígia Neves, servidora da Companhia de Habilitação do Estado do Pará (Cohab), é uma das concorrentes. “A minha expectativa é a melhor possível. Acho que só o fato de estar participando já vale a pena”, diz Lígia, que defenderá a música “Passando uma chuva”, um trabalho autêntico, cheio de personalidade e com um caráter missionário. Com a proximidade do evento, Lígia conta que além de ensaiar durante as horas vagas, quando chega em casa, ela volta a repassar trechos da música. “Quero fazer uma apresentação bonita e contagiante”, ressalta.
Outro servidor que também está inscrito do festival é Paulinho Moura, da Fundação Curro Velho. Veterano em festivais e no próprio Servifest, Paulinho participa desde a primeira edição e já ganhou três delas. Para ele, todos os festivais de que participou foram importantes para o desenvolvimento de sua carreira. “Depois que as minhas músicas foram mostradas no Servifest, a minha carreira musical deu uma alavancada”, ressalta. Paulinho apresentará a canção “Sob a sombra das Mangueiras”, música que fala sobre a paixão pelas árvores que são símbolo da cidade de Belém e também da escola de samba do coração, a Mangueira, do Rio de Janeiro.
Os servidores que quiserem prestigiar os colegas podem adquirir os ingressos na Escola de Governo do Pará (EGPA). Basta ir até a Coordenação de Valorização da Cidadania (CVC) e apresentar qualquer identificação funcional, como contracheque ou crachá. Quem não atua no serviço público estadual também poderá retirar, gratuitamente, até dois ingressos nos dias de ServiFest, a partir das 16 horas, na bilheteria do teatro.
Premiação - O valor das premiações cresce a cada edição. Neste 10º ServiFest, os prêmios para as cinco melhores canções somam o valor inédito de R$ 55 mil, sendo que as 12 finalistas serão lançadas em CD e também, pela primeira vez, em DVD. A TV Cultura fará a cobertura e gravação dos três dias do festival, e a grande final do domingo (27) será registrada em DVD, além de ser transmitida, ao vivo, pela TV e pela Rádio Cultura. As apresentações começam a partir das 21 horas.
Bruna Campos – Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...