Total de visualizações de página

segunda-feira, maio 14, 2012

Comunidade do bairro do Jurunas já está em plena Aula de Primeiros-Socorros


Logo cedo, foi grande a procura por inscrições para o curso

O sargento Lima, a delegada Ana Arruda, Jackson Santarém repassando
para o delegado Newton Nogueira a pasta com fichas de inscrições de
alunos, ainda ao lado Rafa, a dra. Wal, da ARIN e o pastor Jorge Dinelli

Mais participantes do curso em pé em oração

Outra visão da platéia ainda em oração

Antes da composição da mesa, autoridades e alunos em posição
de oração que foi proferida pelo pastor Jorge Dinelli

O chefe de Operações da Polícia Civil, noJurunas, Rafa com o
líder comunitário Jackson Santarém e seu assessor,
o empresário Renato no momento da oração de abertura

O delegdo Newton Nogueira como presidente do Rancho, Zé Roberto

Depois de uma oração de abertura, foi cantado o Hino Nacional
ao comando de Hugo do Cavaco

A dra. Waldenize da Arin usando da palavra

Visão geral da solenidade de abertura

No alto o jornalista Jorge Mesquita usando da palavra e abaixo
sentados a dra. Wal, a delegada Ana Arruda, o delegado Newton Nogueira
e o presidente do Rancho Zé Roberto

O pastor Jorge Dinelli comandou o cerimonial e representou
a Associação Beneficente de Capelania ABECAS

Mina, líder comunitária do Jurunas com o empresário Renato,
Rei do Frango Assado e o jornalista Jorge Mesquita

Alunos vendo de perto como funciona a segurança de um botijão

Uma das alunas aprendeu que o botijão de gás
de cozinha tem uma válvula de segurança e a
sua importância

Foi um sucesso a solenidade de abertura do curso de Primeiros Socorros, na manhã desta segunda-feira, na sede do Rancho Não Posso Me Amofiná, no Jurunas. Uma parceria entre a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do Pará vai até sexta-feira, aos moradores do Jurunas, em Belém, treinamento de primeiros-socorros. É a primeira vez que a comunidade recebe esse tipo de treinamento, que terá aulas teóricas e práticas sobre uso de equipamentos de primeiros-socorros, resgate, atendimentos pré-hospitalares em casos de acidentes domésticos, convulsões e paradas cardíacas. Ao todo, são 100 pessoas no curso. As aulas serão realizadas, diariamente, de 8 horas. O treinamento será ministrado pelo sargento bombeiro Edmilson Lima e pelo soldado bombeiro Erick. A aula inaugural pós solenidade de abertura, foi ministro pelo sargento Lima, que enfatizou os problemas principalmente do uso do botijão de gás de cozinha em uma residência.
Desde o início do ano, mais de 60 pessoas já foram capacitadas por meio deste treinamento em Belém. De acordo com Waldenize Braga, titular da Assessoria de Relações Interinstitucionais (Arin), da Polícia Civil, responsável pela parceria, a mobilização da comunidade do bairro para participar do treinamento contou com apoio da equipe do delegado Newton Nogueira, supervisor da Delegacia do Jurunas, de lideranças comunitárias e em especial de Jackson Santarém, que levou uma pasta contendo uma grande quantidade de inscrições de alunos para o curso, que também é diretor do Rancho. A participação da comunidade surpreendeu os organizadores.
Além do certificado ao participantes ao final do curso, a garantia de que concluintes estarão aptos inclusive repassar aos demais familiares e vizinhos, como evitar e saber sair de um problema de risco provocado não só em caso de incêndio como em acidentes de trânsito. “E mais ainda, muitas das pessoas que realizaram esse curso já chegaram até arrumar emprego em empresas de segurança”,lembrou a coordenadora do curso a Dra. Wal, da Arin, Polícia Civil.
Participaram da mesa de abertura do curso, o delegado geral do Jurunas, Newton Athayde; o presidente do Rancho, José Roberto; a delegada da Seccional da Cremação, Ana Arruda que representou o delegado titular daquela Seccional, Eliezer Machado; Waldenize Braga, da Arin-PC, responsável pelo curso; sargento Lima do Corpo de Bombeiros; capitão PM da 4ª AZEPOL, Queiroz; os líderes comunitários Dina e Manoel; o pastor Jorge Dinelli, que trabalhou no cerimonial de abertura do curso assim como representou a Associação Beneficente de Capelania Social (ABECAS); e o jornalista Jorge Mesquita, diretor do CORREIO JURUNENSE.
PRÓXIMAS ETAPAS DO CURSO: O curso será levado em junho ao bairro do Tapanã, no distrito de Icoaraci, e em setembro, ao bairro da Condor; em outubro a comunidade beneficiada com o treinamento será a da Pratinha, e em novembro a do Benguí. Os bairros foram escolhidos devido aos índices de incêndios e princípios de incêndios registrados pelo Corpo de Bombeiros Militar ao longo dos últimos meses.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...