Total de visualizações de página

quarta-feira, maio 09, 2012

Sema firma acordo para preservação de unidades de conservação

                O secretário de Estado de Meio Ambiente, José Alberto Colares, assinou nesta terça-feira (8), no auditório da secretaria, acordo de cooperação técnica com organizações não-governamentais (ONGs) para o desenvolvimento de ações de apoio à implementação, consolidação e gestão das Unidades de Conservação (UCs) Estaduais da Região da Calha Norte do Pará.
                José Colares disse que a Sema tem um compromisso de prioridade com a Calha Norte e lembrou as dificuldades de gestão de mais de 15 milhões de hectares de áreas protegidas no Estado. “As dificuldades são grandes, mas há voluntarismo dos técnicos da Sema e vamos usar recursos da compensação ambiental”, informou.
                O secretário revelou também a intenção de um plano contínuo de monitoramento da Calha Norte no combate à exploração clandestina de madeira e o apoio às populações tradicionais. “Vamos promover a titulação de áreas quilombolas e criar o Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas com recursos da compensação ambiental”, disse.
                O acordo foi firmado entre a Sema e os Institutos Florestal do Pará (Ideflor), do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), de Floresta Tropical (IFT) e de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), Conservação Internacional (CI-Brasil) e Equipe de Conservação da Amazônia. Está prevista ainda a capacitação de técnicos da Sema que atuam na gestão dessas áreas protegidas.
                As Unidades de Conservação da Calha Norte são as Florestas Estaduais do Paru, de Faro e do Trombetas, Estação Ecológica do Grão-Pará e Reserva Biológica do Maicuru, criadas em 2006. Todas já têm planos de manejo elaborados e publicados no Diário Oficial do Estado.

Texto:
Káthia Oliveira-Sema
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...