Total de visualizações de página

quinta-feira, maio 17, 2012

JURUNENSE DÁ SHOW DE INTERPRETAÇÃO DA VIDA REAL EM CASO DE ACIDENTE E PRIMEIROS SOCORROS



O cenário do acidente foi bem montado com anelina
 vermelha e banana
para caracterizar exposição de pedaços
de massa encefálica. O
personagem além de bom aluno se mostrou
 um excelente ator. Ele
fez o papel de morto após pilotar a moto sem capacete ...

... enquanto a sua companheira de moto, também aluna do curso,
estava de capacete e sofreu apenas escoriações.
 Nesta foto, ela aguarda
a chegada dos primeiros socorros

A visão do acidente com a moto e os dois alunos-vítimas

O primeiro socorro chegando a jovem aluna
que estava com o capacete

A chegada da primeira viatura do Resgate
para dar continuidade ao
atendimento aos alunos-vítimas

Os procedimentos dos alunos foram para opinião
do sargento Lima
que ministrou o curso, perfeitos

As primeiras informações sendo repassadas
 pelos socorristas
à equipe do Resgate tendo ao lado o sargento Lima

Outro momento dos primeiros socorros
sendo ministrado pelos alunos

Do outro do cenário, a vítima de acidente de
 carro com a bicicleta
recebendo os seus primeiros atendimentos
 conforme o aprendizado nas aulas

A aluna-vítima sendo encaminhada
para o veículo do Resgate

Depois de quatro dias consecutivos de exaustivas aulas (de 8h da manhã às 12 ou 13hs) finalmente acontece a solenidade de diplomação dos quase 100 integrantes da comunidade jurunense que concluíram o Curso de 1º Socorros, realizado na sede da Escola de Samba Rancho Não Posso Me Amofiná, no bairro do Jurunas.
O curso de primeiros socorros foi promovido em parceria pela Polícia Civil, através da Assessoria Relações Interinstitucionais (ARIN), que tem como coordenadora a Dra. Waldenize Braga; do Corpo de Bombeiros Militar do Pará que cedeu seus instrutores o Sargento Lima e Erick, do Resgate; apoio direto da Delegacia do Jurunas, através do seu delegado titular Newton Nogueira e seu chefe de Operações Rafa e posteriormente por lideranças comunitárias em especial, de Jackson Santarém, que também é diretor de Marketing do Rancho. O CORREIO JURUNENSE esteve presente durante toda a semana representado pelo seu diretor geral Jorge Mesquita.
O curso teve aulas teóricas e práticas de primeiros socorros, desde o uso correto do gás de cozinha, mostrando como de deve prevenir e o que fazer em caso de incêndio; problemas de saúde principalmente com crianças quando engolir objetos, moedas e outros; tratamento de queimaduras ainda em casa. Como agir ao se deparar com pessoas sofrendo desmaio na rua; os primeiros passos no atendimento de pessoas nos mais variados acidentes automobilísticos e até bicicletas.
Na manhã desta quinta-feira foi realizada a aula prática ao lado da sede do Rancho, pela rua dos Timbiras, que foi interditada pela Delegacia do Jurunas, que esteve representada pelo Chefe de Operações Rafa, quando foram feitas simulações entre alunos do curso com acidente de moto, sendo um usando capacete que sofreu ferimentos leve e outro que sem capacete foi a óbito. Também como atender uma pessoa em acidente de bicicleta.

Já a vítima fatal que estava exposta na pista de rolamento
tem o corpo encoberto com um papel lençol e a seguir os
devidos procedimentos: a chamada da Polícia e do IML

A 'viúva' ao ver o corpo do maridão no asfalto não conteve o
desespero e a dor pela perda. Outra cena quase
 que real interpretada pela dra. Leila 
As cenas foram tão interessantes que pareciam reais aos olhos de pessoas que pararam no local alheio ao que estava acontecendo e quando viram pessoas rindo, chegaram até comentar ‘falta de respeito’ para com as vítimas. Para as aulas práticas foram usadas para auxiliar, duas ambulâncias do resgate, cujos seus servidores receberam dos alunos as supostas vítimas já atendidas pelos primeiros socorros e posteriormente conduzidos para os hospitais especialistas em acidentes.
Ao final, manifestação de apreço de alunos para com os instrutores, como forma de agradecimento pelos ensinamentos assim como os coordenadores  e apoiadores do curso. Para a solenidade de encerramento que acontece nesta sexta-feira com muitas surpresas ainda a serem apresentadas, estão sendo esperadas para a bela festa o secretário de Segurança Pública, dr. Luiz Fernando; o delegado Geral, Nilton Athayde; o delegado do Jurunas, Newton Nogueira; o coronel/CBM, Gilberto; o coronel Costa Júnior, coordenador do PROERO; Isabela Jatene, do PROPAZ; a coordenadora do curso, Waldenize Braga; os instrutores Sargento Lima e Erick; o presidente do Rancho, Zé Roberto; o presidente do Conselho Deliberativo do Rancho, Luiz Lopes; o líder comunitário e diretor do Rancho, Jackson Santarém, que com sua equipe de trabalho composta por d. Débora, a Dra. Leyla, Renato, Régis, Eliezer e Luiz, deu apoio inconteste ao evento; o coordenador do Conselho Comunitário do Jurunas, João Cruz; o representante da Associação Beneficente de Capelania (ABECAS), Pastor Jorge Dinelli, que durante todo o curso procedeu orações na abertura e no encerramento de cada aula, e o diretor geral do Jornal CORREIO JURUNENSE, Jorge Mesquita, que registrou nas redes sociais todos o evento desde a sua anunciação ainda na Delegacia do Jurunas.

Cenário geral da aula prática do acidente com carro
e bicicleta e os primeiros atendimentos

Ao fundo, a segunda ambulândia do Resgate com os coordenadores
do curso acompanhando de perto as ações aos alunos na aula prática,
o pastor Dinelli, a dra. Wal, da ARIN, o líder comunitário Jackson Santarém,
o chefe de Operações da Delegacia do Jurunas e o sargento Lima
que ministrou o curso
Na foto, os alunos, coordenadores, colaboradores do curso 

O chege de Operações e a dra. Wal do ARIN com o sargento Lima
que ministrou o curso e de farda amarela, a equipe de resgate
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...