Total de visualizações de página

segunda-feira, maio 14, 2012

Fundação Curro Velho promove oficinas para a quadra junina

                Estão abertas as inscrições para as oficinas de boi junino, nas modalidades escultura com reciclagem e esculturas em miriti. As inscrições vão até a próxima sexta-feira, 18, na sede da Fundação Curro Velho. As aulas são uma preparação para o arraial junino, que a instituição promove todo mês de junho, reunindo crianças e adolescentes em torno de brincadeiras, apresentações de dança e teatro.
                Bruce Macedo, artista plástico, ministra a oficina Boi Junino, onde são criados e confeccionados bois que serão utilizados na festa. Culturalmente, a dança do boi está ligada à quadra junina, época em que os brincantes dançam ao som de toadas nos terreiros enfeitados para receber os bois. Na oficina, os alunos aprendem técnicas escultóricas e de modelagem, desenvolvendo habilidades para práticas de construção desse personagem e tornando-se aptos para o desenvolvimento da atividade.
                De acordo com Bruce Macedo, até algum tempo esses acessórios eram confeccionados apenas por mestres que utilizavam matérias como crânios e chifres de boi, de verdade, o que tornava a brincadeira mais cansativa por tratar-se de uma matéria-prima mais pesada. “Com a utilização de miriti, a estrutura do boi ficou mais leve e os brincantes agora podem manuseá-lo mais facilmente”, disse.
                Danielly Cavalcante, estudante de cenografia e pedagogia, é cria da Fundação Curro Velho e vai ministrar a oficina escultura com reciclagem, que tem como principal objetivo elaborar os bois, usando para isso materiais recicláveis. “Vamos utilizar materiais como vasilhas plásticas para confeccionar um boi em tamanho reduzido”, explica a instrutora. “A produção de peças em tamanho reduzido foi pensada sob o aspecto de se oferecer um souvenir da cultura local que pode ser usado como objeto de decoração”, declarou Danielly Cavalcante.
                As oficinas da Fundação Curro Velho acontecem no período de 22 de maio a 20 de junho, na sede da Fundação Curro Velho, na rua Professor Nelson Ribeiro, nº287, esquina com a travessa Djalma Dutra. Informações: (91) 3184-9100 ou www.currovelho.pa.gov.br.

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...