Total de visualizações de página

quarta-feira, maio 23, 2012

Obras do PAC na comunidade Pantanal serão retomadas em junho

                Cerca de 300 pessoas da comunidade Pantanal participaram de audiência pública, na noite de segunda-feira (21), na Escola Estadual Waldemar Henrique, promovida pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab) para esclarecer sobre a retomada dos serviços do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). As obras serão retomadas dia 11 de junho.
                O encontro foi coordenado pela presidente da Cohab, Noêmia Jacob, que respondeu aos questionamentos da comunidade e anunciou o reinício das obras. “Já fizemos o distrato da construtora anterior, publicado na última sexta-feira (18), no Diário Oficial, e contratamos uma nova empresa”, informou.
                Antes disso, técnicos da Cohab fazem nesta quarta-feira (23) uma visita técnica para levantamento dos serviços prioritários. A partir do dia 4 de junho, a nova construtora iniciará a reconstrução do barracão do canteiro de obras. “É óbvio que precisaremos refazer serviços. Isso implica em uma vistoria geral para levantamento de tudo o que foi entregue e está deteriorado, ou seja, faremos uma análise de tudo o que precisa ser refeito”, disse Noêmia Jacob.
                A presidente da Cohab garantiu ainda o aproveitamento de mão de obra local para uso no canteiro de obras. “A prioridade é contratar mão de obra da própria comunidade”, reforçou, informando que a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) já liberou uma área próxima à caixa d’água, que não está sendo usda, para construção de sobrados. A obra será concluída em dezembro de 2013; o trabalho social e a regularização fundiária serão finalizados até julho de 2014.
                Um documento contendo reivindicações da Comissão de Fiscalização de Obras (Cofis) foi entregue à dirigente da Cohab. Entre outras solicitações, a Cofis pede que o Estado agilize a construção da estação de tratamento de água e dê início à construção dos sobrados, pois há famílias que há cinco anos recebem auxílio moradia e, portanto, moram em casas alugadas. A comissão também quer conhecer as ações do projeto social e ter acesso às planilhas de custos da obra.
                O projeto da comunidade Pantanal prevê a construção de 300 unidades habitacionais, 300 melhorias habitacionais, sistema viário e urbanização, rede de drenagem, rede de abastecimento de água, rede de esgoto sanitário, equipamentos comunitários, iluminação pública e o cadastro técnico social dos moradores.

Texto:
Rosa Borges-Cohab
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...