Total de visualizações de página

quarta-feira, maio 02, 2012

Governo investe na capacitação dos cuidadores de crianças abrigadas

                Com o objetivo de melhorar as condições contextuais para que a criança acolhida por abrigos institucionais se desenvolva do ponto de vista biopsicossocial, a Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) promoveu no período de 23 a 27 de abril, o curso de qualificação de educadores/ cuidadores do abrigo estadual para crianças.  Foram capacitados 30 profissionais do abrigo que estão envolvidos com a proteção, o cuidado e a educação de crianças de 0 a 6 anos em situação de vulnerabilidades social.
                O Espaço de Acolhimento Provisório Infantil (Eapi) é destinado ao acolhimento de crianças que estão vivendo em situação de risco pessoal e social, ou que tiveram seus direitos violados, necessitando de afastamento de suas famílias de forma provisória ou definitiva. O abrigo possui capacidade para atendimento de 50 crianças. De acordo com a gerente do Eapi, Odete Sabá, "apesar de ser provisório, o abrigo tem a função de, nessa fase da vida da criança, educar para a vida. Deve ir além de oferecer alimento, banho, roupa. O cuidador precisa dialogar com a criança, dar afeto, amor e demonstrar segurança".


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...