Total de visualizações de página

terça-feira, maio 01, 2012

Idosos e crianças são os novos socorrista​s do Samu 192



"Os ensinamentos fundamentais que recebemos, vão mudar nossas vidas e de nossas famílias. Posso dizer que é uma grande honra fazer parte do Vovô e Vovó Socorrista”, discursou Maria da Costa e Silva, em nome de outros 80 idosos que se formaram na noite desta segunda-feira, 30, no projeto, um curso pioneiro no país para a melhor idade, realizado por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 - Belém), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).
Com 82 anos, Maria participou por duas semanas de aulas práticas e teóricas sobre primeiros socorros dentro do Samu, conhecendo também toda a estrutura do Serviço. “Preciso agradecer muito aos profissionais do Samu que se dedicaram de corpo e alma a esta ideia”, concluiu  diante de uma plateia lotada, no teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas.
O projeto orientou a população idosa do município sobre o tratamento de doenças, cuidados com acidentes dentro de casa ou nas ruas e auxílio a pessoas acidentadas, além de técnicas e manobras eficazes de ação em casos de urgência e emergência.
A noite também foi de festa para 35 crianças do Projeto “Socorrista Jr.”, que também se formaram. Com os pequenos, o Samu trabalha com a conscientização para diminuir o número de trotes para o Serviço, através de apresentações em escolas e em locais públicos da cidade orientando crianças e adultos sobre como se prevenir contra doenças e acidentes. A média de trotes para o Samu chega a 500 por dia. As crianças também aprenderam em aulas práticas e teóricas a medir a pressão arterial e identificar fraturas, queimaduras, entre outros, para acionar o Samu 192 de forma correta. Esta foi a terceira turma formada pelo projeto.
“Vamos levar a importância do trabalho do Samu aos nossos colegas de escola e familiares. Já participei de outros projetos do Samu e penso muito em quando eu for mais velha ser uma socorrista profissional”, disse Isabella Cruz, de apenas 10 anos.
“É um grande orgulho ver minha única filha se formando na turma do Socorrista Jr. A Isabella já participava dos projetos do Samu há muitos anos e sempre foi interessada na profissão. Há alguns anos, minha mãe sofreu um acidente dentro de casa, tropeçou, caiu e bateu a cabeça. Pois foi a Isabella quem prestou os primeiros socorros e ligou para o Samu”, conta a mãe, Simone Cruz, que é socorrista do Samu há 18 anos.
“O Samu 192 Belém avalia que é importante valorizar estes conhecimentos e relações, enfrentando as causas das urgências por meio de ações educativas. Com os idosos vamos até onde eles frequentam levando os Vovôs e Vovós  socorristas. Com as crianças vamos até as escolas para elas serem multiplicadoras dos conhecimentos que adquirem no projeto”, encerrou Sylvia Santos, Secretária Municipal de Saúde.

Texto: Liandro Brito- Sesma
Fotos: Elivaldo Pamplona
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...